Jurados

Saiba mais sobre o time de jurados
image

Coordenador Sensorial

Dan Strongin tem mais de 40 anos de experiência como Chefe, Jornalista, Coach e Mentor ao pequeno e médias empresas de alimentos de valor agregado. Um dos líderes no ressurgimento do queijo artesanal americano na década 90, trabalhava por mais de uma década e meia como consultor para os conselhos regionais de marketing e inovação dos estados de Califórnia e Wisconsin. Ele trabalhava desde 1994 diretamente com agricultores familiares, chefes, varejistas, distribuidores e o público também. Assessor e membro da Associação de Comerciantes de Queijo Artesanal Brasileiro (COMERQUEIJO), é um defensor de processos de negócios simples, elegantes e eficazes como cofundador do Deming Collaboration. Especialista na aplicação de Melhoria Contínua na administração da pequenas empresas.

image

Coordenadora Técnica

Michelle Carvalho é Consultora de Laticínios, graduada em Ciência e Tecnologia de Laticínios pela Universidade Federal de Viçosa (UFV-MG) em 2002. Especializou-se em pesquisas com Queijos Artesanais com mestrado em Desenvolvimento Rural Sustentável pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOSTE-PR) em 2015 e em Ciência dos Alimentos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2017. Atualmente é doutoranda em Ciência de Alimentos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), faz parte do comitê consultivo Rede Sial, é colaboradora do Grupo de Pesquisas do CNPq Tecnologia de Alimentos - UFSC, representante técnica da COMERQUEIJO e trabalha em prol da legalização dos Queijos Artesanais brasileiros.

Conheça o time de jurados da IV edição do Prêmio Queijo Brasil:

  Tiago Dardeau é mestre em Educação pela UERJ. No ramos gastronômico é Beer sommelier e sócio fundador da Confraria do Marquês, empresa pioneira na divulgação da cultura das cervejas especiais no Brasil. Em 2015 fundou o Clube do Queijo, primeiro clube de assinatura de queijos artesanais do Brasil. Desde então vem pesquisando queijos de várias regiões do país.

 

 

Graduação em Farmácia e Bioquímica pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUC-PR (2002); Master em Food Safety Technology pela University of Parma - UNIPR - Itália (2003); Quality Control Assistant na empresa Parmalat Itália S.p.A.; Doutorado em Food Science and Technology pela University of Parma - UNIPR - Itália (2008); Pós Doutorado em Biotecnologia Agroalimentar no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (2012) (conceito CAPES 7); Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) no Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos (CAL) e Professor Permanente do Programa de Pós-graduação em Ciência dos Alimentos (PPGCAL - UFSC) (conceito CAPES: 6); Chefe do Departamento CAL (2017-2019). Líder do Grupo de Pesquisas do CNPq: Tecnologia de Alimentos - UFSC; Participante do Grupo de Pesquisas do CNPq: Microbiologia de Alimentos - UFSC; Consultor para a indústria de alimentos no desenvolvimento de processos e de produtos de natureza tecnológica com mais de 30 SKUs atualmente no mercado mundial. Colaborador científico da European Food Safety Authority - EFSA e coordenador do Projeto Queijo Artesanal Diamante e Queijos Artesanais Maturados com Ácaros.

 

 

Guilherme Martin é mestre e doutor em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela ESALQ/USP e Professor do Departamento de Microbiologia da Universidade Federal de Viçosa (UFV). É orientador de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola da UFV e atua nas áreas de microbiologia de alimentos, higiene de alimentos, boas práticas de fabricação, alimentos fermentados, microbiologia de queijos, dentre outras. Atualmente coordena o Laboratório de Microbiologia Industrial da UFV e projetos de pesquisa com a temática de queijos da Serra da
Canastra.

 

 

Maria Conceição Oliveira é cozinheira e Pesquisadora, foi assessora da Secretaria Municipal de Cultura na interlocução entre os movimentos Sociais e o Gabinete da Secretaria de Cultura. e para a Produção Cultural da Biblioteca Mário de Andrade, realizando trabalhos de intercâmbio Cultural com Africanos e Movimento Negro. Ela fez a coleção e avaliação das coletâneas lançadas pelo Quilombhoje, Contos e Poemas Afro-Brasileiros. Trabalhou no Departamento de Patrimônio histórico da Secretaria Municipal de Cultura no desenvolvimento e coordenação do Projeto "História do Movimento Negro em São Paulo”.
Membro do Slow Food desde 2009, ligada a alimentos orgânicos e fortalecimento dos pequenos produtores rurais, interlocução comunidades quilombolas. Atualmente trabalha na Rede de Estudos em Memória, Patrimônio e Alimentação.
 

 

Bruno Cabral é formado em gastronomia pela escola de gastronomia de Barcelona e o curso de produção de queijos no Instituto de pesquisa tecnológica agropecuária. Idealizador da loja Mestre Queijeiro, loja especializada em queijos brasileiros.
Co-autor do livro Queijos Brasileiros à Mesa com Vinho, Cachaça e Cerveja.Presidente da COMERQUEIJO, associação de comerciantes de queijo artesanal brasileiro. Único jurado supremo sul americano no World Cheese Awards.

 

 Norma Machado é bióloga com Doutorado em Genética e Biologia Molecular, professora e pesquisadora da Universidade Federal de Santa Catarina, integrante do grupo de pesquisa de Tecnologia de Alimetos - UFSC e trabalha com queijos artesanais.
Leomar Prezzoto Mestre, 1999. Mestrado em Agroecossistemas: agroindústria de pequeno porte e legislação sanitária. Universidade Federal de Santa Catarina. Engenheiro Agrônomo, 1990. Universidade Federal de Santa Catarina. Técnico em Agropecuária, 1982. Colégio La Salle, Xanxerê/SC. Curso de auditor interno de qualidade.2012.-ISO 9001:2008. SENAI/SC. Consultor com experiência em Agroindústria familiar; processamento artesanal; queijo artesanal, Serviço de inspeção e legislação sanitária.

 

 

Leomar Prezzoto Mestre, 1999. Mestrado em Agroecossistemas: agroindústria de pequeno porte e legislação sanitária. Universidade Federal de Santa Catarina. Engenheiro Agrônomo, 1990. Universidade Federal de Santa Catarina. Técnico em Agropecuária, 1982. Colégio La Salle, Xanxerê/SC. Curso de auditor interno de qualidade.2012.-ISO 9001:2008. SENAI/SC. Consultor com experiência em Agroindústria familiar; processamento artesanal; queijo artesanal, Serviço de inspeção e legislação sanitária.

 

 
Clara Leonel Viana, como toda mineirinha adora um queijo. É Engenheira de Alimentos, graduada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Pós Graduada em Gastronomia pela Anhembi Morumbi. Mestre em Nutrição Humana Aplicada pela Universidade de São Paulo (USP), defendendo um projeto sobre a Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária de pequenos produtores. Atuou como consultora do Instituto Sociedade População e Natureza (ISPN), Embrapa e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e, em parceria com a Anvisa, criou um projeto que levantou e dimensionou as normativas necessárias para a regularização sanitária da produção de base familiar, artesanal, extrativista e comunitária da cadeia produtiva de Castanhas e Cocos.

 

 

Maycon Oliveira trabalha com Queijos Artesanais há mais de 8 anos e há 4 anos se dedica somente aos Nacionais e Artesanais, atualmente Trabalha com O Bruno Cabral na loja Mestre Queijeiro.
Jurado do Prêmio Queijo Brasil 2014, 2016, 2017 e indo para o quarto Prêmio.

 

 

Eduardo Tristão Girão nasceu em Belo Horizonte e é jornalista gastronômico premiado com a Medalha do Dia do Estado de Minas Gerais e o troféu Eduardo Frieiro. Foi repórter do jornal Estado de Minas e já colaborou com o jornal Estado de São Paulo e as revistas Prazeres da Mesa, Gula e Encontro. Avaliou bares e restaurantes para o Guia Unibanco Minas Gerais (editora Bei), participou de votações da lista anual The World's 50 Best e fez diversas viagens gastronômicas pelo Brasil e outros países. Graças a pesquisa sobre queijos artesanais mineiros, promove constantemente degustações deles (quase sempre harmonizados com bebidas) e desenvolve trabalhos de consultoria no tema

 

 

Renata De Paoli Santos é Médica Veterinária com mestrado em Ciência Animal, área de concentração: Controle de Qualidade de Produtos de Origem Animal, possui experiência como consultora e instrutora em fazendas, queijarias, laticinios e indústrias do ramo alimentício. Fundadora da IANDÉ SUSTAINABLE FOODS, Instrutora do SENAR-MG e Idealizadora da CURADORIA DO QUEIJO. Atualmente Coordena projetos na área de Microbiologia, Controle de Qualidade e Segurança de Alimentos pela Iandé e outras empresas internacionais parceiras; além de coordenar cursos de pós-graduação e extensão na UFMG e UninCor;

 

 

Anderson Aguiar de Magalhães tem 30 anos, trabalha no varejo a 15 anos, formado em Marketing e atualmente faço pós graduação em Gestão Estratégica de Pessoas no Mackenzie.Sempre trabalhou com diferentes alimentos no varejo, porém o foco sempre foi com os queijos e seus encantos. Atuou no grupo pão de açúcar, se formou em Sommelie, na Associação Brasileira de Sommelie (ABS) em 2009, fez uma especialização em 2013 em algumas fábricas de Queijos na Alemanha, Suíça e Brasil. Trabalhei durante quatro anos na área de formação Técnica aplicando treinamento para equipe de atendentes de queijos onde aplicava treinamento para equipe do Brasil do grupo com foco em degustação e eventos para clientes onde executamos degustação comentada e harmonização de queijos e vinhos em lojas.
Durante o trajeto conheci os queijos artesanais Brasileiros que logo se tornou amor a primeira vista.Atualmente trabalha na Região do Nordeste entre Fortaleza, Natal e Teresina cuidando na regional Nordeste na área de Frios e Laticínios e Rotisserie.